01 fevereiro 2016

Centro Histórico de Arraiolos-estudar a regeneração urbana e arquitectónica

No decurso do acolhimento, pela Universidade de Évora, de um grupo de 30 alunos e docentes da Oxford School of Architecture, realizou-se no dia 27 de janeiro de 2016, uma visita à vila de Arraiolos

IMG_2334.JPG

No decurso do acolhimento, pela Universidade de Évora, de um grupo de 30 alunos e docentes da Oxford School of Architecture, realizou-se no dia 27 de janeiro de 2016, uma visita à vila de Arraiolos, de entre outras que realizaram pelo Alentejo. O grupo em causa procurou, com o intercâmbio, estudar a regeneração urbana e arquitectónica nas vilas e cidades do Alentejo, tendo escolhido a intervenção passada e em curso, desenvolvida na vila de Arraiolos, como um dos exemplos passíveis de análise. Tal situação configura, não só um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido, como uma demonstração da importância destas intervenções para o concelho. No decurso da visita, o grupo foi acolhido pela Presidente da Câmara no Salão Nobre da Câmara, prosseguindo posteriormente para o edifício do Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos e para uma visita ao centro da vila. As visitas foram enquadradas por técnicos e colaboradores do município, que participaram nas respetivas intervenções, o que proporcionou aos alunos o contacto com as delicadas questões dos impactos nas dinâmicas sociais e económicas locais, que estas intervenções também acarretam.


Esta experiência representou uma oportunidade para os alunos (Curso de Mestrado de Regeneração Urbana provenientes de todos o mundo) aprenderem com um caso prático de requalificação integrada de espaço público, numa intervenção articulada e faseada, que se iniciou há praticamente 20 anos.